terça-feira, 28 de junho de 2016

Machado & Pedidos

Sintonia Especial "Machado Jr."
por maneco nascimento

A agenda prata da casa gera ouro!

Nesta terça, 28, às 20 horas, o Theatro 4 de Setembro recebe o Projeto Sintonia, dentro do Terças da Casa - Terça Música Três em Um. 

O Sintonia, para esta edição, amplia as vozes musicais de Machado Jr. O Sintonia Especial "Machado Jr." reúne uma trupe de cantores, compositores, músicos, intérpretes que fazem suas leituras às composições/ canções machadianas.


Teófilo Lima, André de Sousa, Cláudia Simone, Dalmir Filho, Wilseff Lago, Ricardo Totte, Cicy Arcângelo, Lucélia Guedes, Flip, Preto Kedé, Yuri Raphael e Flemends Salazar, numa interconexão LigaGeraSons o Projeto promete não deixar ninguém de ouvidos distraídos.

O Sintonia, produto do Cumbuca Cultural, recebe aporte financeiro, facilitado pelo Governo do Estado/SIEC e Armazém Paraíba, e reverbera as novas e afins gerações que tocam a cidade e marcam instrumentos e sonoridades a mais valia da música piauiense, que também repercute a criação e produto final do cantor, músico, compositor Machado Jr.

"(...) poeta afiado planador, escritor, jornalista, publicitário, cantor, compositor, músico e, está, também, para a música pop brasileira de expressão piauiense, como caju é fruta nativa à cajuína que consigna diversos sabores, da mesma cepa fruto, à bebida popular aqui inventada e patrimônio nacional reconhecido.
Na profissão, de todas as horas e tempo de bem viver, é Diretor de criação na empresa Dallas Comunicação. Também agiliza Assessoria de Comunicação na empresa Igreja de Deus Missionária e marca ponto como Diretor Executivo e de Criação na empresa Machado junior- sala de ideias.
Tem passagem pelo Sistema Meio Norte de Comunicação e Giacometti Comunicação. É estudante de Bacharelado em Teologia na FAEPI. Formado em Jornalismo pela UFPI e ensino básico no Colégio Diocesano de Teresina.
O artista mora em Teresina. É natural de Teresina, casado desde 12 de outubro de 2010 com Luciana Marreiros.
Sua arte está em Sintonia com a cidade que não tem mais fim, e, entre Machados e Perdidos, também gera novos frutos na árvore que marca a flora musical da Teresina de todos nós." 
(Informe/Identidade Arte & Cultura:/ page Theatro 4 de Setembro @the4setembro)

Quem não dormir no ponto terá um encontro com achados e perdidos, Machados & Pedidos na música popular brasileira da bossa nossa expressão.

Somente hoje, terça, 28, às 20 horas, no 4 de Setembro.
A Entrada é F R A N C A!

Você é o convidado de honra e, só não vem quem já perdeu o tempo de sentir, ouvir cantar, e apreciar quem bem sabe tocar um instrumento, quando gerações reinventam, releem músicas machadianas.

Sintonia Especial "Machado Jr.", numa produção Navilouca Soraya Guimarães Produções e Cumbuca Cultural e Apoio Cultural do Complexo Cultural Club dos Diários/Theatro 4 de Setembro, acontece dentro do Projeto Terças da Casa - Terça Música Três em Um.

Ouça essa canção! 
Sintonize razão e sensibilidade no Sintonia Especial "Machado Jr."

Compareça pra gente ver!

 fotos/imagem (divulgação)

sexta-feira, 24 de junho de 2016

Riso e reflexão

Tempo de Palhaços?
por maneco nascimento

Neste final de semana será tempo de Palhaços. 
Será, sim, senhor! 

Uma trupe da alegria invadirá o Teatro "Torquato Neto", às 17 horas e fará a tarde, de sábado (25), e domingo (26), mais cheia de felicidade.

O espetáculo da temporada, "Quem roubou meu futuro?"

Impasse de uma trupe de palhaços, que tenta sobreviver de arte numa sociedade que pouco valoriza o artista. A ação dramática aborda questões sociais, como a falta de perspectivas de futuro à juventude, as causas e efeitos que recaem sobre essa juventude, em busca de um caminho promissor de carreira profissional, no contexto sócio econômico e político da década de 80.

montagem da Escola de Teatro "Prof. Gomes Campos". Elenco reúne Lucas Azevedo, Cícero Landim, Marcelo Rêgo, Rutielly Santos, Sandra Max, Solimar Silva, Yan Lima.

Temporada de "Quem roubou meu futuro?"
realização: Escola Técnica de Teatro Prof. "Gomes Campos"
apoio cultural: Governo do Estado/SECult
logística de recepção: ComplexoCCDiários/The4Set

Às 17 horas,
deste sábado (25) e no domingo (26)
no Teatro "Torquato Neto",
"Quem roubou meu futuro?"
Ingressos: R$ 10,00
** Ingressos antecipados, na secretaria da Escola de Teatro "Gomes Campos", a preço promocional R$ 5,00 válido até 24/06.

Agende-se!
fotos/imagem: (ETEGCampos)

Ângela pela Voz azul

Moisés canta Ro Ro
por maneco nascimento

Ator, diretor de teatro, facilitador na iniciação cênica (em colégios classe média da cidade), poeta, compositor, jogador de volleibol, bailarino e coreógrafo, na juventude que essa brisa sempre canta, e cantor profisionalíssimo, com três bem curtidas décadas em redor da canção brasileira.

Currículo vasto. Ainda detém formação técnica, em teatro, pela Escola Estadual "Prof. Gomes Campos". 

Foi contrarregra de teatro, é produtor executivo, professor de natação, diretor artístico da própria companhia de teatro, a Cia. de Teatro da Cidade. Natural de Teresina, Moisés Chaves canta, porque tem a Voz azul e porque escolheu cantar, como um de seus instantes que existem para atuar na cidade e deixar a própria vida completa.

E é com esse percurso artístico, que não deixam dúvidas do talento garimpado, que Mocha realiza show, neste domingo, 26, às 19 horas, no Theatro 4 de Setembro. 

Um verdadeiro escândalo artístico, quando completa trinta anos de carreira de palcos musicais.

Moisés Chaves Canta Ro Ro no Show "Escândalo - as canções de Ângela Ro Ro"!

Os grandes sucessos da cantora e compositora Ângela Ro Ro ganham voz e vez de revisita In Moisés Chaves. E, neste show, só não vai quem já perdeu o tempo de viver felicidade musical.
(Ângela Ro Ro/reprodução)

A direção musical de "Escândalo" é de Gustavo Baião e seu piano luxuoso bossa nossa. A produção executiva é da Navilouca Produções(Soraya Guimarães).

Os amigos recomendam e a cantora e a compositora Patrícia Mellodi também deixa um recado:

[E agora com seus 35 anos de carreira comemora em grande estilo cantando sua cantora e autora alma gêmea, ela que fez músicas e viveu na própria pele a dor de ser intensa,  de ser louca e artista ao pé da letra,  a diva Ângela Ro Ro. Parceria perfeita de voz e canções. Que dupla boa! Não tenho dúvidas que será um momento inesquecível, para comemorar uma carreira memorável e fundamental, uma artista lindo,  uma pessoa de coração avantajado que só o tempo e a história nos darão clareza da sua importância.  Moisés, o verdadeiro escândalo é você!
Com amor, admiração e toda gratidão do mundo.
Patricia Mellodi ]

fonte: (Mocha canta RoRô[Patrícia Mellodi] In moiseschaves.blogspot.com terça 21 de junho de 2016)

Serviço:

Neste domingo.

26 de junho.
às 19 horas.
no Theatro 4 de Setembro.
"Escândalo - as canções de Ângela Ro Ro"!

Informações: (086) 3222 7100/ 9.9569 9072

fotos/imagem: Ângela Ro Ro (reprodução web)
Moisés Chaves (acervo M. Chaves)

sábado, 18 de junho de 2016

Sábado Biz!

show risos e musical
por maneco nascimento

Elas são show!
Biz!
Trans, Sex, Divas, Drags, Transformistas, Estrelas, Artistas, Belas e "Malditas", Atrizes, Cantoras/Dubladoras, Dançarinas/Vedetes do Teatro Chanchada!
Divinas.
Cajuína.
Divinas da Cajuína!
E, neste sábado (18)
às 20h30
no Theatro 4 de Setembro
Elas são show biz mais!
Ingresso: 2kg de alimentos não perecíveis
Renda destinada ao Lar da Esperança.
Curta arte solidária.
Seja Cultura de enxergar o próximo.
Participe dessa ação!
"Divinas da Cajuína"
só hoje (sábado)
às 20h30
no Theatro 4 de Setembro.

sexta-feira, 17 de junho de 2016

6xta. feira Gorda!

cena em três tempos
por maneco nascimento

Hoje é dia de Teatro por excelência, no Complexo Cultural Club dos Diários/Theatro 4 de Setembro.

Hum. 
Festejos de aniversário do Humanitas#16anos, com "Quando o Amor É Assim e Não Assado"

Dois.
Tempo de Nelson Rodrigues e sua fúria genial para a pérola "Anjo Negro", um dos seus bons exemplos da mítica, revisitados pelo Grupo de Teatro "Procópio Ferreira" 


e, Três. Por +, porque a festa continua, ainda tem de "De Última Pocket Show", ousadia indispensável do Coletivo Piauhy Estúdio das Artes.

Então, só não cumpre felicidade e interação estética, com a cena brasileira, de expressão piauiense(grifo do ColPiauhyEstArs), quem não aprendeu como é bom poder curtir arte e cultura reinventadas, à pecha do produto da cidade e estado que não dormem no ponto, douram o chumbo em franca alquimia ao ouro da casa.

Marque na agenda da hora, dia dessa noite e cumpra-se
nesta sexta feira Gorda, 17 de junho de 2016:

às 19 horas -
no Teatro "Torquato Neto" -
apresentação do espetáculo "Quando o Amor É Assim e Não Assado", adaptação de texto a partir de livro homônimo de Júnior Marks .
Direção de Luciano Brandão e atuação Solo do ator e diretor Júnior Marks. Montagem do Humanitas#16anos.
Entrada, R$ 5,00 (meia) e R$ 10,00 (inteira)
informações: 
(86 9 8808 0115)
86.8808-0115 / 9983-2052


às 20 horas - 
no Theatro 4 de Setembro,
o Grupo de Teatro "Procópio Ferreira" reapresenta a + nova montagem da Cia., "Anjo Negro", texto de Nelson Rodrigues.
Direção de Luciano Brandão. 
Um triângulo da perdição e uma família confinada à própria sorte de perversões, perversidades, traições, ciúme, mortes e redenção enviesada, "Anjo Negro".
Elenco, Kaio Rodrigues (Ismael), Lanna Borges (Virgínia), Clerys Derys (A Tia), Ronyere Ferreira (Elias), Gleiciane Silva (Ana Maria) e Angélica Araújo (a empregada Hortência).
Entrada Franca!
informações:
3222 7100

e, às 21 horas -
na Galeria de Arte do Club dos Diários "Nonato Oliveira" 
o espetáculo musical "De Última Pocket Show" encerra os festejos da Maratona Humanitas#16anos.

É na solenidade de encerramento, da semana de aniversário de 16 anos - de palco - do Humanitas de Teatro, que o Grupo parceiro e amigo, o Coletivo Piauhy Estúdio das Artes, é convidado a brindar a Baco e à cena nacional de expressão piauiense.

"De Última Pocket Show" tem direção de Adriano Abreu e direção musical de Rubens Rubinho Figueiredo e um elenco de primeira, acompanhado por Banda pancada solta musical. 

Os intérpretes/cantores Adriano Abreu, Carlos Aguiar, David Ambrosio, Érica Anunciação e Silmara Silva são show e, de quebra, a participação luxuosa de Rubinho Fgdo.

A sexta feira está imperdível. 
É só não perder o bonde  da história e memória do teatro piauiense, por aqui muito bem representado.

Compareça pra gente ver!

fotos/imagem: 
"Quando o Amor É Assim e Não Assado (Humanitas#16anos)
"Anjo Negro" (GT"Procópio Ferreira")
"De Última Pocket Show" (Piahuy Estudio das Artes)

terça-feira, 14 de junho de 2016

anjos de Nelson

negros e malditos
por maneco nascimento

Estreou nos dias 17 e 18 de maio e volta neste 17 de junho, em única apresentação com Entrada Franca!
"Anjo Negro", texto de Nelson Rodrigues e direção de Luciano Brandão, numa realização do Grupo de Teatro "Procópio Ferreira" - GTPF, se apresenta às 20 horas, da sexta feira (17 de junho), no Theatro 4 de Setembro.
Dentre as peças míticas de Nelson Rodrigues, "Anjo Negro" gira em torno de casamento arranjado, amor e ódio e pequenas maldades e grandes perversidades às perversões reveladas do "Flor de Obsessão.
 A trama gera enredos a intrigas, inveja, ciúme, ambição, violência, preconceito, amores invertidos, traição, mortes, paixões incomuns, triângulo da destruição e redenção, anjos destruídos, "Anjo Negro".
Do casamento arranjado entre Ismael(Kaio Rodrigues) e Virgínia(Lanna Borges) nascem anjos negros e infanticídios.
Do triângulo amoroso entre Ismael, Virgínia e Elias(Ronyere Ferreira) nasce Ana Maria(Gleiciane Silva), a filha branca e cega do médico negro, pai por posse(Ismael).
Do desenredo familiar, A Tia(Clerys Derys) destila inveja, intrigas, perfídia premeditada. Vinga-se, duplamente, de Virgínia, ao arranjar o casamento, seguido de estupro, entre a sobrinha e médico negro e, ao delatar o romance entre Elias(irmão branco de Ismael) e Virgínia.
(Lanna, Clerys e Kaio/arranjo familiar)

Ambição, esperteza e manobras para arrancar dinheiro e guardar segredos estão nos passos ágeis e diligências prestativas de Hortência(Angélica Araújo), a empregada da casa.
Este lar nunca seria comum, um irmão cego e branco(Elias) vem visitar o irmão negro e médico(Ismael) no dia do velório de um dos seguidos filhos mortos do casal Ismael e Virgínia.
Da casa de anjos negros, nasce um anjo branco apócrifo(Ana Maria) da sagrada família do médico, depois que os filhos negros são, necessariamente, afogados no tanque.
Morre Elias e surge a menina Ana Maria, sobrevivente e preferida de Ismael. O casal recupera o casamento e tudo fica bem, quando tudo está bem no universo nelsonrodrigueano.
(elenco e diretor de "Anjo Negro")

Serviço:
"Anjo Negro"
17 de junho
20 horas
Theatro 4 de Setembro.
Entrada Franca!

foto/imagem: (acervo GTPF)

O hábito

das Sete mulheres
por maneco nascimento

O tema instiga curiosidade, freiras "enclausuradas" à boa sorte do convento, deslizam em suaves arranhões pelos bons e mal hábitos, remoem pecados e buscam na fé e na vida religiosa a redenção de quem escolheu ser esposa de Jesus. 
Vidas humanas expiadas no hábito de sete mulheres, irmãs de convicção religiosa, que contornam a própria sorte aos exageros da natureza humana e à exegese de alcançar os píncaros de céus prometidos.
 (Júnior Marks[irmã Angélica] e Eristóteles Pegado[irmã Celeste])

Elas prometem revelar coisas que jamais se pensaria sobre irmãs de hábito estritamente religioso. Mas, como toda criatura criada a livre arbítrio, essas irmãs também estão sujeitas ao pecado, como todo(a) mortal, e exercem seu calcanhar de Aquiles à falha trágica do pecado capital.
(Flávia Souza[irmã Excélcia] e Iarla Ribeiro[irmã Benigna])
"As Sete Irmãs", texto de Walden Luiz e direção de Júnior Marks, é  nova montagem do Humanitas de Teatro que comemora, em 2016, 16 anos de palcos, praças, luzes, dramas, comédias, ribaltas confrontadas, cena posta à exploração pública.
(Marcelo Rêgo[irmã Dulcina] e Vitorino Rodrigues[irmã Glória])
O elenco de "As Sete Irmãs" é composto por Júnior Marks, Iarla Ribeiro, Eristóteles Pegado, Flávia Souza, Marcelo Rêgo, Solange Santos, Maycon Douglas e Vitorino Rodrigues que se revestem do hábito de sete religiosas, divididas entre o céu e os excessos terrenos.
(Solange Santos[irmã Felícia] e Maycon Douglas[visitante ilustre])
Intercursos pelo tempo e horas de Profano? Humano? Sagrado?
"As Sete Irmãs" realiza sua estreia nacional nesta terça, 14 de junho, às 19  horas, no Theatro 4 de Setembro. Os ingressos estarão sendo comercializados a preços populares de R$ 10,00,  a meia entrada, e R$ 20,00,  inteira.

A vida comezinha das religiosas tem um salto do gato labrador, que incidentalmente percorre área sagrada do convento. Seria um visitante ilustre, ou "O Visitante"? O ator convidado à montagem a ser o visitante,  que quebra o hábito contumaz das sete irmãs, é Maycon Douglas.
O espetáculo leva a assinatura do Humanitas - Grupo de Teatro e, na comédia dramática sacro-profana de costumes do hábito religioso feminino, entreabre as janelas e portas da alma dessas mulheres. 

[Em "As sete irmãs", Angélica (Junior Marks), Benigna (Iarla Ribeiro), Celeste (Eristóteles Pegado), Dulcina (Marcelo Rêgo), Excélcia (Flávia Souza), Felícia (Solange Santos) e Glória (Vitorino Rodrigues) acendem todas as suas memórias, memórias estas que elas lutam diariamente para apagá-las.]  (divulgação)

Serviço:
"As Sete Irmãs"
dia 14 de junho,
às 19h, 
no Theatro 4 de Setembro, 
Classificação: 14 anos
Ingressos: /R$10,00 (meia)/R$ 20,00 (inteira)/
Informações: (86 9 8808 0115)
86.8808-0115 / 9983-2052
fotos/imagem: (Humanitas Humanitas 16anos)

segunda-feira, 13 de junho de 2016

Humanitas, u-hu!

16anos!
por maneco nascimento

Começa hoje e segue até dia 16, coincidentemente a agenda também é de 16. 
Maratona Humanitas 16nos!

Dezesseis anos de palcos, cenas, dramas, comédias, intervenções, dramaturgias experimentadas, Casas de espetáculos ocupadas, praças visitadas pelo teatro do Humanitas Grupo de Teatro.

Tem Exposição, estreia, reapresentação de espetáculos do repertório Humanitas, show pocket convidado a compor  festa e confraternização entre, de e para amigos do teatro, da cena, do Humanitas.

Programação quente que começa, hoje, 13, às 19 horas, na Galeria do Club dos Diários "Nonato Oliveira".
Sua presença é i n d i s p e n s á v e l!

Para que não passe por desavisado, ou acuse alguns de que não sabia de nada, ninguém avisou, ou que "eu não sabia de nada, gente!". Aqui vai  a programação completa.
Depois não diga que não avisei aos navegantes:

13/06: Abertura da exposição "‪#‎16anos‬
Galeria de Arte do Club dos Diários "Nonato Oliveira" - 19h;
14/06: Estreia do espetáculo "As sete irmãs"
Theatro 4 de Setembro - 19h;
15/06: Visitação aberta à Exposição "#16anos"
Galeria de Arte do Club dos Diários "Nonato Oliveira" - 08h - 18h;
16/06: Reapresentação do espetáculo "Meu último amor acabou antes de ontem"
Teatro Torquato Neto - 19h;
17/06: Apresentação do espetáculo "Quando o amor é assim e não assado"
Teatro Torquato Neto - 19h
Solenidade de encerramento com a apresentação do espetáculo "De última Pocket Show", do Coletivo Piauhy Estúdio das Artes Galeria de Arte do Club dos Diários "Nonato Oliveira" - 21h.
(De Última Pocket Show - Para Intérpretes de Primeira)

‪#‎humanitas16anos‬ ‪#‎vemcomemorarcomagente‬
informações: (86 9 8808 0115)
86.8808-0115 / 9983-2052

fotos/imagem: (Acervo Humanitas Humanitas 16anos)

quinta-feira, 9 de junho de 2016

Vamos comer!

Leitura
por maneco nascimento

Parafraseando o poeta: vamos comer, vamos comer... farinha, arte, carne, cultura, feijão, textos, legumes, conceitos, arroz, conhecimentos, frutas, teatro, frutos da terra, cena, Leitura!

A atriz, cantora pocket show, diretora e dramaturga de cena laborada à cena viva que repercute a própria arte dramática, promove, oferece, facilita leituras como leitura do mundo, da cena, do drama, de leituras interpretativas, de textos dramáticos.

Vem para essa nova e envolvente e dramática oficina de iniciação ao ler, fazer, ver, ouvir, tocar as falas e vozes da dramaturgia construída a bem encantar, convencer, persuadir leitores e público, falar pela boca das personagens que povoam, pululam, vivem e contam suas histórias através de narrativas e eixos de dramas e comédias.

Confira ai e cumpra-se arte em exercício de Leitura:
[OFICINA - Leitura e Interpretação de Textos Dramáticos
Dias: 24, 25 e 26 de Junho
Local: Casa da Cultura
Horário: 9h às 12h
Informações: (86)99811-6652 (WhatsApp)]

Vapor Barato Total!

casa de artes e culturas transversais
por maneco nascimento

Recomendável para todas as tribos, gostos, afinidades e diálogos culturais.
Ele também, e +, recomenda porque sabe onde a onda toca encontros para a arte de toda parte que nos toca.

Galvão Junior dá o recado:

[O Bazar continua a Todo Vapor, domingo dia 12 , dia dos namorados é mais Rock 'N'Roll no Vapor Barato, 

Shows
Impala67 ( Blues Rock)
Real Fate ( Metal)

shop
Sebo Vapor Barato ( LPs , Cd Livros)
Bazar Da Esmeralda ( Moda Alternativa, artesanato)
Geladinho da Lioness( Drinks)
Nova Rootica( Moda Alternativa, artesanato)
VDC Crew ( Camisas Grafitadas)
E muito Mais:
 — em  Núcleo de Artes Vapor Barato
fonte: (Galvão Junior  3 h
Curta essa vibe. 
Conspire felicidade!

A pedida é Núcleo de Artes Vapor Barato.

quarta-feira, 8 de junho de 2016

Junta#aqui

que eu danço cá
por maneco nascimento

Quem não tem Junta, não dança. Já quem Junta dança porque tem Junta e é para dançar +.

Junta [2] - Festival Internacional de Dança, começa hoje, 08, e segue dançando até dia 12 de junho. Cumpre agenda no Sesc Campos Sales, Escola de Dança "Lenir Argento", Theatro 4 de Setembro, Galeria de Arte do Club dos Diários "Nonato Oliveira" e  áreas livres/logradouros públicos da cidade.

Dance o que quiser. Venha dançar com a gente. Junte-se. A Junta [2] - FestInDança integra, agrega, atrai, dança + e atomiza corpos, vozes, falas, linguísticas culturais de corpos que falam.

Junta#2geraprogramação#dança:

Dia 08 de junho 

09h às 12h - Zona Articular  - Oficina "Juntando Escrita", com Anderson do Carmo (SC)

Casa da Cultura de Teresina - CCT
09h às 12h - Zona Articular  - Oficina "Corpo Presente", com 
Denise Stutz (SP)
Casa da Cultura de Teresina - CCT

18h Abertura Junta!
18h30 - espetáculo "GAG" , Coletivo Qualquer Espanha. 
Auditório SESC Campos Sales
20h - espetáculo "Piranha", Wagner Schwartz (SP), 
Theatro 4 de Setembro
21h30 - espetáculo "Supervivência",  Alina Folini (Argentina). 
Galeria de Arte do Club dos Diários "Nonato Oliveira"

Dia 09 de junho 
09h30 - espetáculo "Camelô AM/FM" - Calu Zabel
10h30 - espetáculo "Discoreografia" - Elisabete Finger entrevista Denise Stutz (RJ)
16h - Zona em Processo - "Folie a Familie" - desconhecido lab
18h30 - "Baixa da Égua", Cia. Luzia Amélia (PI). 
Auditório Sesc Campos Sales
20h - "Desastro", Neto Machado (BA). 
Galeria de Arte do Club dos Diários "Nonato Oliveira"
21h30 - espetáculo "The Hot 100 Cristian Duarte" (SP). 
Theatro 4 de Setembro

Dia 10 de junho 
09h às 12h - Zona Articular - Oficina "Juntando escrita", com Anderson do Carmo (SC)

Casa da Cultura de Teresina - CCT
09h as 12 - Zona Articular - Oficina com Matanyane e Benjamin (AFR)

Casa da Cultura de Teresina - CCT
10h - "Discoreografia e performance e entrevista", com Elisabete Finger e Denise Stutz (SP). 
Auditório SESC Campos Sales
16h - Zona em processo | "Mulher Bomba", Bebel Frota (PI).
16h30 - intervenção "Camelô Am e Fm", Coletivo SN + Gráfico Planificado da Violência - Fernando Lopes
20h - espetáculo "Finita", Denise Stutz (RJ). 
Theatro 4 de Setembro
21h30 - espetáculo "Mordedores", Marcela Levi e Lucia Russo (RJ). 
Galeria de Arte do Club dos Diários "Nonato Oliveira".

Dia 11 de junho 

09h às 12 - Zona Articular - Oficina "Juntando Escrita", com Anderson do Carmo (SC)

Casa da Cultura de Teresina - CCT
09h às 12 - Zona Articular - Oficina com Matanyane e Benjamin (AFR)

Casa da Cultura de Teresina - CCT
16h Zona em processo | "Meu amigo sombra", grupo NOOM, (Holanda). Escola Estadual de Dança "Lenir Argento". 

16h30 - intervenção urbana "Gráfico Planificado da Violência", Fernando Lopes (BA)
16h30 - intervenção urbana "Burcas Flutuantes", Aline Tima (SP)
18h30 - Zona em processo - "E|N|T|R|E", Datan Izaká (PI)
20h30 - espetáculo "Ó" , Cristian Duarte em companhia (SP). 
Galeria de Arte do Club dos Diários "Nonato Oliveira"
21h30 - Festinha! Lounge JUNTA

Dia 12 de junho 

10:30h - conversa pública - "Ética, estética e comunidade" - Sesc Campos Sales
16h - Zona em processo | "Meu amigo sombra", grupo NOOM, (Holanda). 
Escola Estadual de Dança "Lenir Argento".
18h30 - Zona em processo |"Tumate", Elielson Pacheco (PI). 
Escola Estadual de Dança "Lenir Argento".
20h00 - intervenção urbana "Burcas Flutuantes", Aline Tima (SP)
20h30 - espetáculo "Nudez", Cia. Independente, (Moçambique). 
Galeria de Arte do Club dos Diários "Nonato Oliveira"







.fotos/imagem: (cervo Junta[2] FestInDança)  

terça-feira, 7 de junho de 2016

Aumenta que é Roque

Moreira no Boca da Noite
por maneco nascimento

Eles tocam ritmos da cultura popular transversados com rock, reggae e soul.

O baião, o xote, o Bumba meu Boi, o carimbó e outras variações musicais da cultura regional brasileira encorpam estilo e criatividade desses meninos que assinam o Conjunto Roque Moreira.

E, nesta quarta feira, dia 08 de junho, o Roque Moreira está na vez da semana do Projeto Boca da Noite.

Às 19 horas, o Espaço Cultural "Osório Jr." vai aquecer a alegria musicada do Grupo que se garante na pesquisa de raiz, em dialogismos rítmicos dos sons pop.

O Show que será levado ao Boca da Noite apresentará músicas do novo, quentinho "Mula Black" e também as canções marcantes da história do Roque Moreira, em 15 anos de carreira.


Não faltarão as composições autorais, obras de outros artistas piauienses e uma imersão em músicas do cancioneiro popular nordestino.

Roque Moreira
nesta quarta, dia 08,
às 19 horas
no "Osório Jr."/BCD.
Projeto Boca da Noite!

fotos/imagem: (divulgação)